terça-feira, 19 de abril de 2011

Quanto vale o seu sonho?


Pelos nossos sonhos
De quantas pessoas ainda teremos que abrir mão?
Quantas vezes mataremos um leão por dia?
Ou teremos um buraco no estômago e
um nó na garganta?

E NÃO,
pelos nossos sonhos,
não nos apeguemos aos "nãos"
senão eles farão o nosso sonho morrer

Pelos nossos sonhos
ainda seremos tomados diversas vezes pela saudade do colo maternal
Do ronco do pai
Das brigas de irmão
E muitas vezes, precisaremos estar lá, mas não estaremos
presenteando quem nos ama com a nossa ausência

Pelos nossos sonhos
O desespero baterá no coração diversas vezes e vamos pensar em desistir
Mas lembraremos de tudo o que o nosso sonho nos custou
e vamos perceber que essa aflição não nos levará a nada
Sendo assim, continuaremos perseverando

Muitas pessoas tentarão acabar com a nossa fé e partirão o nosso coração
Perdoemos.
Pois por algum motivo essas pessoas tiveram que abrir mão dos seus sonhos
E não há nada que torne uma pessoa mais amarga do que ter deixado pelo caminho desejos, vontades, ideais

Mas também vamos cruzar com tanta gente que está no mesmo barco
Que vamos nos dar conta de que não somos os únicos a pelejar pelos percalços desta dura trajetória
E pelos nossos sonhos vamos nos perguntar: Qual será o preço que eles pagaram pelos seus sonhos?
Muitos tiveram de se abster da estabilidade profissional
Alguns tiveram que abrir mão do seu maior bem
Material ou afetivo
Outros encontraram imensa alegria morando num quarto de pensão
mesmo que a solidão fosse sua companheira mais frequente
Mas eles diriam que valeu a pena
pois foram movidos por aquele mágico material de que são feitos os sonhos
Pois é esse material mágico que movimenta nossos órgãos vitais
E ele é contagiante, passa de um para o outro, como uma virose

Estar entre esses sonhadores nos impulsionará ainda mais até o nosso objetivo
E teremos a certeza de que não estamos sozinhos

Existem milhares de sonhadores pelo mundo
A cada dia um deles saem do seu estado de conforto e conformismo
fazendo uma escolha árdua
Abrindo mão das oportunidades que estão ao seu alcance
para trilhar caminhos que nunca foram desbravados
Eles, assim como nós, também são compostos do mesmo material dos sonhos
Eles também pagaram um preço alto para levar adiante seus ideais

Pensemos nesses sonhadores,
Pensemos naqueles que chegaram lá
Sejamos i-na-ba-lá-veis pelos nossos sonhos!

Pelos nossos sonhos...
Pensemos em tudo o que deixamos para trás
Não deixemos que o desânimo nos impeça de continuar
E não nos esqueçamos que a dignidade com a qual chegamos até os nossos sonhos será o seu alimento futuro.

Pelos nossos sonhos...
Temos o dever de sonhar.


“ Eu tenho uma espécie de dever, dever de sonhar, de sonhar sempre,
pois sendo mais do que um espetáculo de mim mesmo,
eu tenho que ter o melhor espetáculo que posso.
E, assim, me construo a ouro e sedas, em salas
supostas, invento palco, cenário para viver o meu sonho
entre luzes brandas e músicas invisíveis.” (Fernando Pessoa)

5 comentários:

  1. Seguir o que determina o coração, sem perder de vista - ou deixar de enxergar - as pedras que pode encontrar pelo caminho.
    Pode parecer pessimista citar as "pedras no caminho" dos nossos sonhos. No entanto:
    a-elas simplesmente existem, estarão sempre lá!
    b-elas continuarão lá, num caminho "sem" sonhos.
    "Perseguir" um sonho implica mais que pretensões profissionais. Eles representam nossos melhores ideais. Cada um tem (ou deveria ter)seus próprios sonhos. Quando buscamos um sonho, estamos agindo para que algo em nossa vida, se transforme e melhore.
    Sonhar é buscar felicidade, para sí próprio e para o outro (aí passamos pelo capítulo da dignidade, do caráter... acho que é assunto para outro post). O importante é concluir que é melhor e mais produtivo viver em busca de sonhos, que cumprir uma passagem inteira nesse planeta, sentado na mesma pedra, olhando para uma única direção e, nos casos patológicos, amargando a visão dos passos largos e vigorosos dos sonhadores que passam.
    Esses sonhadores correm, querem "chegar lá"
    A interpretação de cada um, do quê vem a significar "chegar lá" determina a utilidade ou a futilidade dessa "correria" toda!
    Se você corre, não espere alcançar o topo, o máximo, pois, caso isso aconteça, você não terá mais para onde ir! O "Topo" é apenas a referência. A idéia, ainda que paradoxal, de que "chegar lá" representa o próprio correr, talvez seja a melhor das alternativas. Tecnicamente, para o ator, quando representa, é importante sentir a própria presença, de maneira intensa. Estar "acordado", ter o absoluto controle de sí próprio. Manter viva a noção de onde está, o quê está fazendo ali. Representar, não é um "salto no escuro", pelo contrário, é um "estar vivo intensamente", os sentidos aguçados, o controle de sí e da situação. É estar VIVO.
    Quanto vale meu sonho? Vale a benção de Manter-me VIVO!

    ResponderExcluir
  2. Giulio, lindas palavras, profundas e vindas do coração. Obrigada por partilhar conosco sua experiência de vida! É muito bom poder aprender com pessoas como vc. Muito sucesso, sempre!

    ResponderExcluir
  3. Obrigado, Carolina. é um prazer poder dividir experiências. Sucesso para todos nós!!!

    ResponderExcluir
  4. Carolina, que texto ótimo. Parabéns querida, profundo, sincero, sensato, otimista, genial. Você escreve super bem, querida.

    Adorei conhecer o blog, muito sucesso nas suas escolhas, sonhos e profissão.

    BJÓN

    ResponderExcluir
  5. Ju, que querida!!!!
    Seja sempre bem-vinda!
    Adorei que visitou o blog!
    Muito obrigada, linda!
    Sucesso!!

    ResponderExcluir